Primeiro o filho, depois o divórcio

Primeiro o filho, depois o divórcio

Você já deve ter ouvido falar que a maior incidência de divórcio acontece no primeiro ano de vida do primeiro filho de uma família. Por que será que, logo no momento em que supomos maior felicidade, as chances de uma separação aumentam?

Quando nasce o primeiro filho, a família é inaugurada oficialmente. Isso quer dizer que o casal passa a desempenhar novos papéis além de marido e mulher: pai e mãe. Para isso, é preciso existir uma reorganização do sistema anterior. O casal e suas famílias de origem precisam mudar de cadeiras: quem era mãe vira avó, irmãs passam a ser tias e assim por diante.

Por diferentes motivos, nem sempre esse rearranjo é fácil. Algumas vezes, o casal já estava vivendo por bastante tempo como uma dupla e tem um estranhamento maior quando passam a ser um trio, ou pode haver dificuldade em se enxergar no papel de pais em vez de filhos. Pode acontecer do marido se sentir excluído no momento de maior cuidado ao recém nascido assim como a mulher se dedicar exclusivamente a maternidade. 

A parentalidade mexe de diferentes formas em cada indivíduo, mas há sempre uma mudança. Como toda mudança gera uma crise que implica em uma necessidade de reorganização para adequação a nova realidade.

Para que o primeiro filho não seja seguido de um divórcio, é importante não apenas se organizar para a chegada do bebê e dos novos papéis de pai e mãe, mas, principalmente, para continuar investindo na conjugalidade, além da parentalidade. A grande questão é que, com o primeiro filho, todos se adaptam para a novidade, porém muitas vezes se esquecem da manutenção do casal que é a origem dessa família.


Undefined_2fjoana Joana Cardoso

Joana Cardoso é psicóloga, formada pela PUC-Rio, com formação em Psicoterapia Familiar Sistêmica Breve. É membro titular da ATF –Rio. No seu consultório faz atendimentos individuais, familiares e de casal. É supervisora clínica na instituição Nucleo-Pesquisas. Além do Sala de Ideias, escreve para o site da Disney Babble e para o Superela. É sócia fundadora do projeto Véspera, que prepara casais para a vida a dois.

joana@saladeideias.com.br

Escreva para a gente

Icontalk POR AQUI