O fracasso me assombra

O fracasso me assombra

Percebo, no consultório, uma sensação de fracasso assombrando a vida de muitas pessoas. Elas costumam lamentar a falta de motivação, mostram dificuldade em terminar um projeto já iniciado e sentem-se pouco evoluídas em vários aspectos da vida. Tudo isso gera uma baixa confiança na própria capacidade e uma severa avaliação de si mesmo, que julga a si como indigna de algum mérito.

O que há de comum entre essas pessoas é uma autoexigência exagerada e autopunição por pequenas falhas. São pessoas que não conseguem perceber suas conquistas e se parabenizar por elas. Ao mesmo tempo em que não dão valor para o que fazem de bom, superestimam o que deixaram de fazer ou falharam. Assim, elas ampliam a lente para os defeitos e fecham os olhos para as qualidades, deixando evidente suas dificuldades em relação a qualquer vitória. Dessa forma, a percepção sobre si é sempre deturpada.

Para dar fim a esse fantasma que insiste em falar baixinho na sua cabeça que você não é capaz, é preciso honrar cada passo da sua vida, sem o julgamento de ser pequeno ou simples demais. Quando você reconhecer o seu mérito e conseguir adquirir uma visão mais positiva para si, terá mais autoconfiança e verá que, surpreendentemente, você é muito melhor do que sempre imaginou.

 

 


Undefined_2fjoana Joana Cardoso

Joana Cardoso é psicóloga, formada pela PUC-Rio, com formação em Psicoterapia Familiar Sistêmica Breve. É membro titular da ATF –Rio. No seu consultório faz atendimentos individuais, familiares e de casal. É supervisora clínica na instituição Nucleo-Pesquisas. Além do Sala de Ideias, escreve para o site da Disney Babble e para o Superela. É sócia fundadora do projeto Véspera, que prepara casais para a vida a dois.

joana@saladeideias.com.br

Escreva para a gente

Icontalk POR AQUI